Transtornos psiquiátricos e a família

Transtornos psiquiátricos ou psíquicos são aqueles que afetam a percepção subjetiva dos acontecimentos por parte da pessoa. Estes transtornos podem ser genéticos ou adquiridos. Em sua maioria ainda são alvo de extrema falta de conhecimento por grande parte da população.

Como a família lida com os transtornos psiquiátricos

Geralmente a família por desconhecimento lida com o familiar que sofre de transtorno como a maior parte da sociedade. E a sociedade não avalia a motivação e sim o comportamento. Portanto serão os comportamentos que irão determinar as reações dos familiares.

A maioria das pessoas entende transtornos psiquiátrico como loucura. O preconceito ainda é grande. Enquanto o indivíduo consegue ser produtivo no trabalho e nas tarefas diárias pouca atenção se dá aos comportamentos inadequados.

Porém quando estas capacidades começam a ser afetadas, por várias vezes a cobrança virá como críticas ao caráter ou a personalidade.

Alguns mitos sobre os transtornos mentais

Nem todo transtorno mental afeta de maneira efetiva o senso crítico da pessoa de maneira crônica ou permanente. A família, portanto, por muitas vezes demora a perceber a presença de alguma doença ou distúrbio. É comum os diagnósticos tardios quando falamos em saúde mental.

A dependência química e alcóolica, assim como de medicamentos também são consideradas transtornos mentais, e o profissional indicado para estes tratamentos é o psiquiatra. O estresse do trabalho e a síndrome do pânico também são distúrbios relacionados a ansiedade, portanto são tratados pelos profissionais de saúde mental.

O Instituto Leonardo Russo e seu tratamento em saúde mental

O Instituto Leonardo Russo é especializado no tratamento de transtornos mentais e comportamentais. O objetivo é o de reintegrar a pessoa ao convívio social de maneira saudável e com qualidade de vida. Durante o processo de tratamento deste indivíduo, a família é participante, sendo orientada pela equipe multidisciplinar.

Este acompanhamento desenvolve no familiar a compreensão do transtorno presente no ente querido, trazendo assim a melhoria dos relacionamentos e facilidade de detecção de algum comportamento alterado. Podendo assim buscar auxílio profissional no momento correto.

Saiba mais entrando em contato agora. Visite nossa página no Facebook !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *